IMG_7739Estudantes da ENG realizam peça teatral .jpg

Os estudantes da Escola de Negócios e Governação da Universidade de Cabo Verde (ENG-Uni-CV) realizaram no dia 4 de dezembro, uma peça teatral intitulada “Julgamento de Sara”, no auditório da ENG, Campus do Palmarejo.

Participaram no julgamento de Sara estudantes do 1º ano do curso de Economia e do 4º ano do curso de Relações Públicas e Secretariado Executivo sob a coordenação de Máxima Moreno, docente da ENG.

Recorda-se que o julgamento da Sara aconteceu em novembro, em Portugal com Sara Furtado, 22 anos, cabo-verdiana sem-abrigo a viver numa tenda nas imediações da discoteca Lux Frágil, em Lisboa, deu à luz uma criança na noite de 5 de novembro. Eram 2 horas da madrugada e a mulher decidiu ficar sozinha e ter a criança na rua.

Após o parto - "o bebé apresentava-se gelado, totalmente despido, coberto de sangue" -, meteu-o num saco de plástico e colocou-o no interior de um ecoponto nas traseiras da discoteca. Depois regressou à tenda, lavou-se, mudou de roupa e dormiu até ao meio-dia.

A criança foi encontrada 15 horas depois de ter nascido e está bem de saúde, internada em hospital, entregue agora aos cuidados do Estado.

72 horas depois do parto, a mãe foi identificada e presa pela Polícia Judiciária, continuando em prisão preventiva desde o dia 8 de novembro. Está indiciada pelo crime de homicídio qualificado, foi constituída arguida e já apresentada pelo Ministério Público ao primeiro interrogatório judicial.