DSC0078944.jpg

A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), Poló do Mindelo, acolheu no passado dia 17 de novembro de 2018, uma formação/diálogo subordinada ao tema “Educação para o Futuro” ministrado pelo Professor Doutor Trovão do Rosário.

O evento contou com a participação da Primeira Dama de Cabo Verde, Dra. Lígia Fonseca, do Vice-Reitor para a Integração Tecnológica e Inovação, Prof. Doutor António Varela e da Vice-Presidente da Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes, Professora Doutora Celeste Fortes e, ainda, do Vereador para a Educação da CMSV, Dr. José da Luz, da Delegada da Educação de SV, Dra. Maria Helena Santos, bem como de docentes e discentes da Uni-CV e de outras instituições de ensino.

O Vice-Reitor para a Integração Tecnológica e Inovação destacou a importância das tecnologias no futuro da educação, o que exige uma nova configuração das salas de aulas e ambientes educativos mais inovadores.

Na sua intervenção, a Delegada da Educação frisou a importância da evolução da mentalidade da sociedade e do professor que deve mudar constantemente as suas metodologias de ensino, deve inovar e incentivar os alunos a pensar naquilo que aprendem, estando o professor  também disposto a aprender sempre.

A Primeira-Dama de Cabo Verde, Dra. Lígia Fonseca, agradeceu à Uni-CV pela disponibilidade em acolher mais um evento por ela promovido. De igual modo, agradeceu ao Doutor Trovão do Rosário e à Doutora Fernanda Bessa pela sua importante participação no evento. Os distintos convidados fazem parte de uma ONG denominada “Associação Causa Maior” que tem vindo a trabalhar com parceiros africanos. A Dr. Lígia Fonseca chamou a atenção para o fato de termos deficiências no nosso sistema educativo que precisam ser trabalhadas com as mais variadas e inovadoras ferramentas da Educação, daí o propósito da formação/diálogo para apresentar experiências, desafios e proporcionar um momento de reflexão.

O Professor Trovão do Rosário começou a sua apresentação mostrando a evolução histórica e filosófica da Educação, ressaltando que é um instrumento para valorizar o nosso futuro e o da sociedade à qual pertencemos. Apesar de hoje a Educação ser vista mais em termos de cursos, planos de estudo, notas, ano letivo, programas, deve-se levar em consideração a missão primordial do professor na formação das pessoas e não de especialistas. Mais do que nunca é preciso (re)humanizar a educação. Após a sua explanação, abriu o diálogo com o público presente, numa sessão de intervenções e comentários.

Encerrando o evento, a Professora Doutora Celeste Fortes elucidou o papel das Ciências Sociais e Humanas na formação de uma sociedade mais preparada para os novos desafios da Educação. Agradeceu ainda a oportunidade concedida à Uni-CV para acolhimento deste projeto e mostrou que a Universidade de Cabo Verde sempre estará aberta para temas pertinentes que a todos beneficiam.